Casal participa do DBA após assistir vídeo do canal Gabi Runner

Corredora Gabi Freitas foi convidada para participar de etapa no Borel em 2017 e seu vídeo influenciou outras pessoas

Convidada para correr a etapa do Borel há dois anos, Gabi Freitas estava em ascensão no número de seguidores de seu canal no Youtube, o Gabi Runner. Amante de corridas de rua, a jovem jornalista enxergou a plataforma virtual como oportunidade de mostrar ao mundo as suas aventuras durantes viagens e competições esportivas. Visando motivar e influenciar novas pessoas, Gabi acabou contagiando uma amiga, a também jornalista Roberta Castelo Branco.

Diego e Roberta foram influenciados pelo vídeo de Gabi Freitas, em 2017. Foto: Albert Andrade

Após participação na etapa Borel do De Braços Abertos de 2017, Gabi lançou o vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=4VgDJH8kz3k) que encantou a amiga. Decidida, Roberta tentou se inscrever nas duas edições restantes do ano de 2017 (Santa Marta e Vidigal), mas não conseguiu vaga devido ao esgotamento das inscrições. Apesar da decepção, a jovem de 31 anos garante que se orgulha da ação social. “É um sucesso e fico feliz por uma iniciativa dessa ter as vagas esgotadas tão rapidamente”.

A estreia no projeto ocorreu no último dia 21 de julho, na própria comunidade do Borel, local da 1° edição de 2019. “Viemos sem estar inscritos e conseguimos nossas vagas devido aos faltantes. Precisávamos participar desta vez, então viemos com coragem”, revelou Roberta, que teve a companhia do marido Diego, que é parceiro de corridas há um ano.

Questionada sobre o clima e a segurança na comunidade, a jornalista foi concisa. “Mó vibe boa, mó astral aqui, a paz vem de dentro de cada um. É muito maneiro cruzar as barreiras e parar com essa coisa de cidade partida. O asfalto tem que ir para o morro e o morro tem que ir para o asfalto. A segregação tem que acabar”.

Atleta completa percurso do Borel e volta para correr mais 2 km

Gilney Morett corre os 5km de prova e busca forças para “resgatar” a namorada Ranny, iniciante no mundo das corridas

Ranny e Gilney aprovaram o Projeto De Braços Abertos

No início de agosto ocorreu a etapa do Borel do Projeto De Braços Abertos 2017. 5km de percurso foi o total da distância percorrida por cerca de 1.000 atletas. Porém, um destes, o engenheiro Gilney Morett, de 40 anos de idade, correu 7 km. O motivo foi o resgate à namorada Ranny Rafaela, que ainda está começando a se aventurar em provas de corridas e não consegue acompanhar o ritmo do amado.

Gilney, que chegou na 18° colocação geral e é quase um profissional, com rotinas de cinco treinos diários, explica que sempre volta ao percurso após ultrapassar as linhas de chegada para apoiar Ranny e incentivá-la a terminar as corridas. “Sempre estou melhor preparado, treino muito e faço parte da equipe MP Run aqui da Tijuca. A Ranny também, mas ainda não tem a minha experiência, então eu acabo voltando para animar ela mesmo, para curtir um pouco o trajeto ao lado dela e isso acaba me rendendo mais uns dois quilômetros mais ou menos”.

O desempenho de Ranny não foi decepcionante, já que chegou atrás de 76 mulheres e na posição 245 no geral. O Projeto De Braços Abertos do Borel foi bastante elogiado por ela. “A organização é espetacular, tudo deu muito certo, desde a entrega dos kits, passando pelo guarda-volumes, o aquecimento animado, a corrida e a integração. É uma ótima oportunidade de fazer amizades e passar um tempinho junto com o namorado, pois é um evento familiar e a inscrição tão disputada não é à toa”, comenta a técnica de radiologia, Ranny Rafaela.

O casal está junto há um ano e apesar dos 16 de diferença nas idades, mostram várias coisas em comum. Cada um tem um filho, amam exercitar os corpos e o esporte favorito é a corrida de rua. Tanta sintonia só poderia resultar em união e o casamento formal ainda não está planejado, mas a ideia de um novo membro na família é descartada imediatamente por ambos, novamente um ponto similar. “Ah não, mais um não! Está bom já assim com dois”, afirma Ranny aos risos, enquanto Gilney completa com bom humor: “A família está formada e a fábrica já está fechada”!

A próxima edição do Projeto De Braços Abertos será na comunidade do Caju, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, em 24 de setembro. As inscrições poderão ser feitas através do site www.projetodebracosabertos.com.br, a partir do próximo dia 12.