Histórias de corredor: Lindalva Pereira

rocinha-de-bracos-abertos-guilherme-taboada-agencia-sport-session-17

Aos 70 anos, Lindalva Pereira dá show na etapa Rocinha do Projeto De Braços Abertos

 

Realizado neste domingo (6) na Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro, o Projeto De Braços Abertos levou novamente para comunidade cultura, esporte e lazer. Com aproximadamente 1500 participantes envolvidos, o evento teve corridas para adultos e crianças. Nesse grande universo de corredores, uma senhora de 70 anos se destacava em meio aos inscritos. Cheia de energia, Lindalva Pereira terminou a prova na frente de pessoas que tinham idade iguais ou inferiores de suas filhas e netas.

Há sete anos no mundo das corridas, Lindalva iniciou sua trajetória nas corridas com o objetivo de livrar-se de alguns problemas de saúde. A receita deu certo e o que era passatempo virou coisa séria.

“Eu comecei a correr por conta dos problemas de saúde que vinha enfrentando. Desde então já participei de diversas corridas pelo Rio de Janeiro e isso se tornou uma paixão. Eu adoro correr no Projeto De Braços Abertos, é algo muito prazeroso. As pessoas são muito carinhosas, além disso quero mostrar que todos podem participar da competição”.

Moradora da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, a idosa não ligou para distância e logo cedo já estava alongando e pensando na estratégia da prova de 6km. Orgulhosa por sua evolução, ela procura incentivar pessoas da mesma faixa etária a tomar gosto pela corrida.

“Eu como de tudo e treino todos os dias. Acho que tudo melhorou na minha vida. As pessoas me param e perguntam qual a receita. Eu digo que não existe, mas precisa ter disposição e vontade para mudar. Não deixe para fazer amanhã o que pode ser feito hoje. Se não conseguir correr no começo, não tem problema, vá caminhando e evoluindo. O importante é se exercitar”, concluiu.

Posted in Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *