Corrida no Vidigal reuniu 1000 atletas e Antônio Gonçalves conquistou o bicampeonato

O Vidigal recebeu neste domingo pela quarta vez uma etapa do Projeto de Braços Abertos, verdadeira festa do esporte e da cidadania. O Projeto de Braços Abertos faz parte de uma política de aproximação, usando o esporte como plataforma para unir a comunidade ao carioca que nunca teve a oportunidade de visitar uma comunidade. 

O atleta mineiro Antônio Gonçalves, que venceu também a etapa no Borel em 2014 e 2015, foi o vencedor do percurso difícil,  cheio de escadas e subidas duras com o tempo de 26min06seg com o baiano Fabrício Gomes em segundo lugar com 27min19seg.

“Vim morar no Rio de Janeiro em dezembro de 2014 procurando uma oportunidade de me desenvolver na corrida. Tive ajuda dos treinadores Marcelo e Rose e hoje foi muito especial. A torcida de população me incentivou demais nas subidas e me empurraram bastante para conseguir esse bom resultado. Meu primeiro pódio será inesquecível”, comentou Fabrício Gomes.

Viviane Santana Lyra levou a melhor com 33min39seg com Isabella Dalfim Neves (34min03seg) em segundo e Brigida Anjos de Figueiredo (37min25seg) em  terceiro.

Entre os moradores Misael Santos Silva e Valdilene Ferreira Dias foram os primeiros e vão ganhar um ano de assessoria esportiva e equipamentos de corrida para ajudar a melhorar ainda mais o desempenho.

O projeto de Braços Abertos já tem quatro anos e passou pelas comunidades da Rocinha, Manguinhos, Borel, Jacarezinho e Santa Marta.
As crianças participaram do evento e se divertiram com a corrida que reúne os pequenos de 1 a 13 anos.

Ações culturais

O Projeto de Braços Abertos vai além do esporte e leva até as comunidades concursos de fotografia e grafite – Fotografe Esta Ideia e Grafite Seu Esporte. Ambos distribuem prêmios em dinheiro para os melhores trabalhos.

Oficina de capacitação profissional

Moradores serão capacitados para trabalhar em eventos esportivos e poderão mostrar o aprendizado recebido durante a corrida, recebendo um certificado ao final do evento.

O evento é realizado pela União de Polícia Pacificadora (UPP) em parceria com o Instituto XTERRA.

Posted in Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *